domingo, 1 de abril de 2012

Do viver

tenho achado viver muito difícil
mas tenho vivido
e comprado flores para a casa

10 comentários:

  1. Enquanto você compra flores para a casa, há quem nem as contemple. Essa talvez seja a diferença, a enorme diferença, entre viver e existir. Estava muito triste e cansado, teu pequeno poema me fez sorrir. Obrigado, M.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Chorik, que bom que o meu desabafo serviu, de alguma forma, a você. Tudo de bom, sempre. Abraço, de Mônica

    ResponderExcluir
  3. Machado de Assis escreveu, certa vez, que "o sublime é simples". Concordo. E a tua poesia, Mônica, é dessa simplicidade sublime, leve, bela, e que nos fala, em meio a tanta delicadeza, dessa coisa difícil que é viver. Sou suspeita para comentar os teus versos. Admiro demais. Bjs

    ResponderExcluir
  4. Lidi, sublime é a tua amizade, o teu carinho. Obrigada.

    ResponderExcluir
  5. De uma beleza simples: retrato da verdadeira beleza, da verdadeira e genuína poesia.

    ResponderExcluir
  6. Seu aniversário já passou, ariana?

    ResponderExcluir
  7. Por isso mesmo, precisamos comemorar todo dia. Hoje, pelo menos, vc não precisou comprar flores. Amo você, com os beijos de todos os dias, (carlos)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, esqueci de dizer que o meu amado sempre me traz flores. Hoje foram tantas, tão diversas e tão lindas. Bjsamovc

      Excluir
  8. Deve ser por isso que esse blog exala tão amoroso perfume.
    Beijoss :)

    ResponderExcluir